O retorno é lixado! Mas tem de ser!

by - dezembro 12, 2011

De volta da vida airada de Coimbra, retornei á vida real. Depois de uma semana de pleno descanso, de passear bastante, visitar bastante, comer aqui e ali, fotografar aquilo e aquele outro, heis-me de volta. Partimos na 5º feira e hoje é como se a minha mente ainda lá estivesse. É fantástico o que a simples acção de sairmos do nosso ambiente é capaz de causar. Começando pelo Hotel, o pousar das malas, o aconchegar do quarto á nossa medida, o jantar em sítios incertos, pessoas novas...tudo. Mas o melhor é sempre a companhia que levamos, e obviamente que a minha companhia faz pandã com Amor. O namorado veio e aproveitamos tudo, até o próprio frio (que me fez comprar um gorro lindo, lindinho com um ponpon no meio).
A cidade é linda, isso é indiscutível, autêntica cidade de estudantes (que em plena Sexta feira era vê-los de malas em punho para irem passar o fim de semana a casa), mas também tem monumentos estrondosos. Só há uma coisinha que acho que, das duas uma, ou é por não ser de Coimbra e não estou habituada ou então existe mesmo falta ali de alguma coisa, que passo a dizer - Sinais de trânsito! Nem o GPS percebia o que estava á nossa volta, é provável que tenhamos dado, sem exagero, 4 ou 5 voltas no mesmo sitio. Mas o meu amorzinho como tem um sentido de orientação formidável e capaz de tudo (só lhe falta mesmo criar um fato Iron Man, esse é o seu desafio) conseguíamos sempre sair do labirinto. Clap Clap!


Mas bem, vou me deixar de queixas porque no final adoramos tudo e as saudades já andam á nossa roda!

P.s. Adorei as ruínas de Conimbriga! Lindo, fantástico!







You May Also Like

0 comentários

COPYRIGHT

O conteúdo e as imagens neste site são da minha propriedade, excepto nos caso em que existem as suas fontes.
Para uso em outros meios deverá ser pedida autorização dos mesmos, caso contrário será recorrido por vias legais.