Fundação Calouste Gulbenkian: Os Czares e o Oriente

by - março 19, 2014


No Sábado resolvemos ir ver uma exposição temporária na Fundação Calouste Gulbenkian (my 2ºhome), Os Czares e Oriente. Na exposição podemos encontrar imensas peças sumptuosas pertencentes à colecção do Kremlin de Moscovo composta por ofertas feitas ao czares vindas do Irão safávida e da Turquia otomana entre os séculos XVI e XVII. Ao todo são 66 peças de luxo, entre jóias, tecidos, armas e arreios de cavalo usados durante algumas cerimonias militares e religiosas.

Apresentada anteriormente, na Arthur M. Sackler Gallery da Smithsonian Institution em Washington pela primeira esta exposição está a ser visitada na Europa. O preço dos bilhetes custam cada um 4€ e acreditem que existe uma certa fila para os adquirir e para entrar na exposição por isso vão com tempo, sem presas.

De seguida, e porque adoramos aquele ambiente envolvente do jardim da Gulbenkian (que sofreu algumas obras e inclusão de um cafetaria bem de frente para o lago), fomos passeando em volta, sentávamos-nos, tirávamos fotos, olhávamos os animais, as pessoas mas principalmente a tirar todo e mais algum partido daquele dia bem quente e solarento. Não havia nada melhor. 


Mais tarde farei um post um pouco mais completo deste mítico sitio e alguns outro pormenores.

You May Also Like

0 comentários

COPYRIGHT

O conteúdo e as imagens neste site são da minha propriedade, excepto nos caso em que existem as suas fontes.
Para uso em outros meios deverá ser pedida autorização dos mesmos, caso contrário será recorrido por vias legais.